Direto do Forno · Música

Kyle Craft – Broken Mirror Pose (Single)

Showboat Honey, o próximo disco do Kyle Craft, ganhou mais uma fatia musical/visual para o apreço de seus seguidores. “Broken Mirror Pose” exala anos setenta do início ao fim.

Da canção que mescla a base rock’n’roll com instrumentos de sopro ao visual extravagante, é possível perceber o caminho que o trabalho percorrerá.

O álbum sai em julho, dia 12, pela Sub Pop.

Direto do Forno · Música

J Mascis – Don’t Do Me Like That (Tom Petty Cover)

Existe uma diferença enorme entre o J Mascis guitar-god do Dinosaur Jr. e o da carreira solo, e admiro o primeiro muito mais (creio que a maioria, né?).

Se não tivesse lido o título antes, certamente diria que a versão de “Don’t Do Me Like That” que os apresento é do Dinosaur Jr., mas não. Aqui, J Mascis enfim deixa de lado suas bases acústicas e bucólicas para o tradicional rock de guitarras sujas que o tornou uma espécie de referência no mundo alternativo, iniciado lá nos anos oitenta.

A título de curiosidade, a canção foi disponibilizada pela Sub Pop. Compare abaixo a versão original com o tributo.

Direto do Forno · Música

Orville Peck – Turn To Hate (Single)

Faltando pouco mais de um mês para o lançamento de Pony, disco de estreia de Orville Peck, a Sub Pop disponibiliza mais uma fatia desse que parece ser um trabalho bem diversificado.

Ao contrário dos singles anteriores, “Turn To Hate” tem a cara voltada para o rock alternativo, com as guitarras roubando a cena em acordes mais empolgantes e dançantes. Ainda assim, as características da country music americana são notórias. A letra, mais uma vez sobre amor, ganha muito mais força através da voz barítono do artista, que declama seus versos como um verdadeiro detentor da palavra.

Se “Big Sky” e “Dead of Night” eram marcadas pela melancolia, “Turn To Hate” anima.

Direto do Forno · Música

Orville Peck – Dead of Night/Big Sky (Singles)

A figura misteriosa que declama versos sobre amor e desilusão é um cowboy mascarado e com o olhar penetrante. Sua voz é grave e transmite uma alta dose de sentimentos, muito em virtude de suas letras. O instrumental passeia pelo pós-punk, o country e o shoegaze, mas em nenhum momento ela se caracteriza como tal. Ou melhor, ela não se fixa em nenhuma dessas vertentes, e sim captura elementos de cada uma e se molda como uma obra bem diferente.

Em apenas dois singles, Orville Peck, o personagem que toca esse projeto, deixa o ouvinte com o ouvido bem atento aos seus versos e à sua aparência. Não dá para negar que chama muita atenção.

“Pony”, o disco cheio, sai do forno da Sub Pop no próximo mês, no dia 22. Os singles “Big Sky” e “Dead of Night” já estão disponíveis, e as impressões sobre eles estão ditas no primeiro parágrafo.

Não ouvia algo tão original e marcante (pessoalmente falando) há um bom tempo.

Direto do Forno · Música

Perfect Son – Lust (Single)

Falei aqui sobre o Perfect Son, alter-ego do cantor e produtor polonês Tobiasz Biliński, uma das novas apostas da Sub Pop.

Seu disco de estréia pelo selo chega somente no próximo mês, mas o segundo single, “Lust”, já está disponível e, assim como o antecessor, é de uma surpresa agradável.

Desde os primeiros segundos, a canção é conduzida por uma leva de batidas hipnóticas, que alternam entre linhas mais constantes e picos de maior força, enquanto o artista solta seus versos de forma direta e confessional.

“Lust”, em seus três minutos cravados, demonstra mais uma vez o ótimo produtor que Perfect Son é, e tem as características ideais para ser executada em qualquer meio de circulação pop.

Direto do Forno · Música

Perfect Son – It’s For Life (Single)

O produtor polonês Tobiasz Biliński, agora sob o pseudônimo Perfect Son, é a mais nova aposta da Sub Pop. Descoberto por Jonathan Poneman, um dos fundadores do selo, após uma apresentação do artista no festival South by Southwest, Tobiasz agora é o primeiro artista polonês a entrar para o catálogo da gravadora.

“It’s For Life” é, até então, o único single de “Cast”, disco que chegará por completo somente em 15 de fevereiro de 2019.

A canção é uma pedrada eletrônica, com batidas precisas e sintetizadores frenéticos. O rapaz também mostra ser um vocalista bem competente. Se todo o trabalho for nessa leva, será uma boa porta de entrada para o Perfect Son no mercado norte-americano.

Direto do Forno · Garimpo · Música

Garimpo: The Spinanes – Manos (Relançamento)

O duo The Spinanes pode até não ter estourado durante seus anos de atividade, mas ganhou um status cult que mantém viva a sua memória. Formado pela vocalista e guitarrista Rebecca Gates e pelo baterista Scott Plouf, lançou três discos pela Sub Pop nos anos noventa e só. Um deles, “Manos”, foi lançado em 1993 e até fez certo barulho nas rádios americanas e na MTV, mas nada gigante se compararmos com outras bandas da época. 25 anos depois, a Merge Records relançou o disco, remasterizado e com algumas faixas bônus.

O extingo blog Amor Louco Br (falo sobre ele aqui) também foi o responsável por me apresentar a banda, justamente com o “Manos”. Curti na primeira audição. Uma produção simples e garageira, com muita emoção por trás. É a música em seu estado mais natural. “Spitfire” e “Shellburn”, ambas com linhas de bateria muito interessantes, são as minhas favoritas até hoje. Ouça-o na íntegra abaixo.

Uma curiosidade: você pode ouvir os backing vocals de Rebecca Gates na canção “St. Ides Heaven”, de Elliott Smith.

Direto do Forno · Música

J Mascis – Web So Dense

“Web So Dense” é mais um passo dado para o lançamento de “Elastic Days”, novo disco solo de J Mascis (Dinosaur Jr.) que sai em novembro, dia 6.

O artista tem uma forma muito sincera e pessoal para falar de amor, unindo frases concretas com outras de tom mais poético, somadas à sua voz cansada que dá todo o tom necessário para o que deseja transmitir. “Web So Dense” é isso: uma canção de amor.

Sem dúvidas, a mais down até agora.

Direto do Forno · Música

J Mascis – Everything She Said (Lyric Video)

Aos poucos vamos conhecendo a cara de “Elastic Days“, novo disco solo de J Mascis, líder do Dinosaur Jr. Dessa vez, foi liberado um lyric video para “Everything She Said”, a segunda canção oficialmente disponibilizada até então.

O vídeo é simples: de fundo, um reflexo de árvores em algo que parece uma poça d’água, enquanto a letra da canção acompanha a mesma. Durante o solo, a imagem muda para o rosto estático do artista, com o velho semblante sonolento/preguiçoso (assim como sua bela voz) olhando direto nos olhos do espectador. No segundo solo, mais curto, o cenário muda para um pássaro preto, bem nonsense.

Por ser tão simples quanto o vídeo, a letra da música torna-a ainda mais gostosa de se ouvir. Gostei mais dessa do que “See You At The Movies”.

Direto do Forno · Música

Do Forno: Novidades na Sub Pop

Duas lendas da cena alternativa estão com os dias contados para lançarem seus novos trabalhos, e você pode conferir direto no canal da Sub Pop e/ou nas plataformas digitais. Falo de Mudhoney e J. Mascis.

Primeiro, o single “See You At The Movies”, que anuncia a chegada de “Elastic Days”, o novo disco solo do guitar god do Dinosaur Jr., J. Mascis que, diferente de sua banda, possui uma estética muito mais calma, sem aquelas ondas de distorção (até tem um solinho massa, mas nada que se compare a “Sludgefeast”, por exemplo) e com o violão sendo o carro-chefe da canção. “Elastic Days” será lançado em novembro desse ano, no dia 09.

Já o Mudhoney marcou o lançamento de seu lixo digital (o disco se chamará “Digital Garbage”) para o dia 28 do próximo mês. Ouvi “Kill Yourself Live” e “Paranoid Core” e afirmo: os caras ainda estão com tudo! Duas porradas que deixam muitas (ou a maioria?) das bandas atuais no chinelo.

Fico muito grato em ver esses caras ainda na ativa, se esforçando em lançar trabalhos novos mesmo após décadas em atividade. Que tenham longa vida!

Tem ainda duas canções do Iron & Wine que achei bem interessantes e calminhas e que estarão em seu novo EP, “Weed Garden”, mas como não sou um grande conhecedor do seu trabalho para dizer algo mais aprofundado, deixo apenas o link para a audição.

Ah, ele sai no dia 28 de setembro.