Direto do Forno · Música

O Novo do Satan’s Pilgrims: The Way In To Way Out? EP

Em comemoração de dez anos do disco Psychsploitation, os lunáticos do Satan’s Pilgrims presentearam os fãs não somente com o relançamento do trabalho em vinil, mas também com um EP novo em folha que acompanha o mesmo.

Gravado esse ano, é um álbum curto, de apenas três canções, mas que garantem a diversão do ouvinte com bastante guitarras-surf e psicodelia, que reverberam de forma profunda na audição.

Não é à toa que o estilo surf rock é um dos mais interessantes de se conhecer, pois a animação é contagiante e incansável.

1. The Way In To Way Out?
2. Solar Flare
3. Journey To Eden

Direto do Forno · Música

Do Forno: + Satan’s Pilgrims!

O relançamento do primeiro disco de estúdio parece ter ativado os ânimos (e a inspiração) dos caras do Satan’s Pilgrims. Em menos de trinta dias, dois singles bem animados foram liberados via BandCamp.

Cada um contém duas músicas que seguem o estilo da banda: muita guitarra, muita distorção e baixo e bateria alucinados.

O primeiro, “Splashdown b​/​w Dr. Mortis Single”, saiu dia 18 de agosto e traz duas canções que estrearam no The Asbury Park Surf Music Festival, festival que aconteceu em Nova Jersey, totalmente voltado para a surf music.

Satan’s Pilgrims – Splashdown b​/​w Dr. Mortis Single

Já “Taco Truck​\​Neahkahnie” foi disponibilizado no último dia 14 e possui um contraste bem interessante: “Taco Truck” mantém a rapidez característica, enquanto “Neakahnie” desacelera e mantém um clima mais viajante.

Satan’s Pilgrims – Taco Truck​\​Neahkahnie Single

Direto do Forno · Música

Nem Tão Do Forno Assim: At Home With Satan’s Pilgrims

Uma das bandas de instrumental surf rock mais legais que conheço está relançando o seu disco de estréia.

Originalmente lançado em 1994, “At Home With Satan’s Pilgrims” tem o melhor do surf rock, digno de um filme do Tarantino. Muita guitarra (muita mesmo!), um baixo bem marcante e claro, uma bateria alucinante e incansável, que não para um só segundo, enquanto as guitarras dançam e se envolvem em riffs bem rápidos e agressivos.

O relançamento, previsto para o dia 20 desse mês, traz as opções de CD, vinil e um vinil especial em vermelho, além do formato digital em alta qualidade.

Enquanto escrevo esse texto e ouço as músicas, as pernas não param de balançar, de tão bom que é esse álbum. Vale a pena dar uma conferida não só nele, mas em toda a discografia do conjunto que faz um surf rock retrô de primeira linha.