Crônicas · Língua Presa · Música

Idiotização

Os idiotas estão dominando o mundo ou eu que estou ficando rabugento cedo demais?

Repetindo os versos de Noel Gallagher, “estou desmoronando ou apenas ficando velho?”

Afinal, por que os homens viram completos idiotas quando se tornam pais? Cada vez mais tenho notado um comportamento…. digamos, imbecil quando esses interagem com seus filhos. Um exemplo bem nítido são as chamadas de vídeo com as crianças que, muitas vezes, nem têm noção do que está acontecendo, e o pai bobalhão fica fazendo voz fina e caras e bocas que até assustam.

Mais cedo no mercado, o segurança do local estava fazendo isso, perguntando ao filho como ele se machucou, se doeu, e depois um pedido que foi a gota d’água e que quase me matou de vergonha: “conta para o papai como foi que você chorou”. Nesse momento, vi que o mundo não tem mais salvação.

Fat Mike estava certo em 2003 e sua razão se concretizou por completo em 2019.

Os idiotas assumiram o controle.

Garimpo · Música

Garimpo #05

Mantendo a linha das canções pesadas emocionalmente, não tinha como não falar sobre Chris Cornell. Ídolo máximo, morto após perder uma batalha contra si mesmo. Em “Sweet Euphoria”, somente sua voz e um violão, ambos carregados de sentimentos e lamentos em uma das mais belas poesias de sua carreira. Será que os anjos cansados que ele procura salvaram o seu amor? Não sei, foi só um pensamento rápido que me veio à mente. Não se assuste. É que depois de sua morte, todas suas músicas começaram a fazer ainda mais sentido.

 

Uncategorized

Nada Mudou

Esquerda, direita. Direita, esquerda. Centro, alto, chão, subterrâneo. Direita ou esquerda. Certo ou errado. A polarização das opiniões. O achismo. Opinar em todos os assuntos. A busca pela felicidade. O culto ao corpo perfeito. O espelho nos atletas superestimados. A vida sustentável. A revolta das minorias. Vegetarianismo. Feminismo. Ostracismo. Pragmatismo. Dogmatismo. Romantismo. Procrastinação. 2016. Século 21. 2º milênio.

*Escrito no dia 24 de julho de 2016. Nada mudou.