Direto do Forno · Música

O Novo do Korto: EP

Se me falassem que o trio francês Korto viesse direto dos anos noventa, eu acreditaria fácil, fácil. A guitarra frenética e psicodélica remete a bandas como Truly (que também era um trio) e o Hazel, com o vocal distante, como se ecoasse de algum lugar além da música, e a bateria que permanece ativa à exaustão, como se não cansasse.

EP, simples assim, é o nome do disquinho com quatro canções somente, todas psicodélicas, bebendo do krautrock, space rock e do indie noventista, cujas guitarras dão o poder que as músicas merecem e o baixo pulsa como um coração desgovernado, tudum tudum tudum tudum, sem medo de que infarte a qualquer momento. Enquanto a cozinha dá o andamento agitado das músicas, a guitarra faz seu trabalho à parte, indo e voltando em arpejos, solos e passagens atmosféricas.

Por ser um trio, meu apreço fica ainda maior, são três cabeças apenas fazendo um barulho que muita banda pena para fazer, e com mais integrantes.

O trabalho saiu pelo selo Six Tonnes De Chair Records, também francês. Se o leitor me perguntasse qual música ouvir, eu diria: todas.


1. Mob
2. No Shit
3. Dottt
4. Tempor