Diversos · Língua Presa

Meus Vinte e Seis Anos

“O meu pai sempre dizia: quero ver você doutor. Minha irmã sempre a escutar: quero ver você casar[…] Eu, sem caminho ou qualquer profissão.”

A realidade não é tão dura quanto na música. Os vinte e seis anos chegaram, disso não tem como escapar, mas meu pai nunca exigiu que eu fosse algo que não quisesse.

O caminho existe, apesar de vê-lo, por enquanto, apenas à distância. Falta ainda a direção. Falta sair da região chamada “conforto” e mudar para um país distante, chamado “criatividade”.

Eu, agora aos vinte e seis anos, gostaria de ter tido minha mentalidade atual há dez anos. Gostaria que pessoas que fizeram parte da minha adolescência me conhecessem hoje, que pessoas da família me vissem como sou hoje, que meu pai tivesse a chance de ver onde estou. Com muito caminho a ser desvendado.

 

Garimpo · Música

Garimpo: Joelho de Porco no Programa d’Os Trapalhões

Graças à internet, a memória da TV brasileira, palco de pérolas raríssimas, continua viva e acessível aos espectadores. E uma delas vem de 1978, quando a banda Joelho de Porco foi a convidada especial do programa d’Os Trapalhões.

É difícil acreditar, mas Renato Aragão, bem antes de ser o caricato apresentador do Criança Esperança, já foi um humorista muito engraçado. Lá nos longínquos anos setenta e oitenta, era um dos integrantes do conjunto Os Trapalhões, ao lado dos parceiros Dedé, Mussum e Zacarias. E juntos, eram imbatíveis no quesito comédia. Acompanhados dos loucos do Joelho de Porco então, a coisa ficou séria.

Apresentando uma das melhores canções do grupo, “O Rapé”, ao lado da banda formada pelos integrantes do programa, a “Focinho de Porco”, o que se vê em quase cinco minutos de vídeo é pura baderna, confusão e claro, palhaçadas.

Tem Billy Bond se esfregando em Didi (que claramente fica sem graça), o próprio Didi errando a dublagem do playback, as atuações forçadas, beirando o amadorismo, mas que, por serem tão espontâneas, tornam-se muito engraçadas, e o melhor: uma banda tão boa como o Joelho de Porco em horário nobre no canal mais popular do país.

Um registro desse jamais poderá ser perdido.