Direto do Forno · Música

The Raconteurs – Hey Gyp [Dig The Slowness] (Donovan Cover)

Enquanto Help Us Stranger, o próximo disco do The Raconteurs, não dá as caras, vamos o degustando aos poucos com as três canções já lançadas de forma oficial. A última delas, para ser mais exato, foi disponibilizada hoje e trata-se de um cover.

Jack White e seus parceiros de banda fizeram uma ótima releitura de “Hey Gyp (Dig The Slowness)”, do Donovan, e colocarei ambas abaixo para você fazer seu comparativo. Mas já adianto: o ideal é manter as duas nas suas audições, porque são bastante contagiantes.

Se a original, lá de 1965, embala o ouvinte com seu violão imparável, os Raconteurs agradam por trazer uma explosão de guitarras blues em cima da melodia matriz.

Somente em 21 de junho conheceremos o disco cheio. Ouça “Sunday Driver” e “Now That You’re Gone”, os dois singles anteriores, aqui.

Direto do Forno · Música

The Raconteurs – Sunday Driver/Now That You’re Gone (Single)

A mídia em peso já falou sobre a volta do The Raconteurs na última semana, após um longo período em hiato. O último disco do grupo, “Consolers of the Lonely”, foi lançado em 2008.

Sempre julguei o The Raconteurs como o projeto mais acessível de Jack White, mais até do que o White Stripes. Mesclando rock de garagem com blues, o conjunto faz um som bastante acessível até para quem não se enturma muito nesse meio. Para esse retorno triunfal (bastante esperado), a banda disponibilizou duas músicas de uma só vez.

O single é formado por “Sunday Driver” no lado A e “Now That You’re Gone”, lado B. Ambas as canções ganharam videoclipes muito bem produzidos. A primeira é um rock’n’roll bem cru liderado por Jack White, recheado de guitarras bem sujas.

Já sua companheira de disco é mais voltada para o blues rock, com pitadas de R&B, e o mais interessante: Brendan Benson é o responsável pelos vocais. Apesar do tom mais lento e possuindo os teclados como carro-chefe, percebe-se ao fundo o teor garageiro nos riffs e solos distorcidos de White.

Como eu disse acima: um retorno triunfal.

Direto do Forno · Música

Jack White – “Ice Station Zebra”

Na véspera do lançamento de seu terceiro e mais estranho álbum, “Boarding House Reach”, Jack White disponibilizou mais uma canção que fará parte do trabalho. “Ice Station Zebra” é tão esquisita e interessante musicalmente quanto as que foram lançadas até então.

Com influências até de hip-hop, o artista nos entrega mais uma música repleta de efeitos e barulhos diferentes, com muita bateria e sons eletrônicos. Uma loucura total.

Amanhã, dia 23 de março, sai o disco. Fico aqui no aguardo.

Música

Jack White – “Respect Commander”, “Corporation”, “Connected By Love” e “Over And Over And Over”

“Boarding House Reach”, terceiro disco solo de Jack White e que está previsto para ser lançado em 23 de março desse ano, promete ser um verdadeiro rompimento na discografia do artista. Esqueça aquele esquema “garageiro” guitarra-bateria do White Stripes e que ficou um pouco mais encorpado em seus discos solo anteriores.

A primeira impressão que me veio à mente ao ouvir as quatro faixas já divulgadas foi: esteticamente estranho. A guitarra blues está ali presente, mas em seu entorno uma variedade de instrumentos e sons que eu, em minha inexperiência/leiguice, não consigo definir. Estamos diante de um artista propenso a variar o seu trabalho, expandir seus horizontes, porém, sem perder a sua identidade.

O selo de qualidade do cara ainda continua, e eu realmente espero um grande disco.

(Imagem que abre o texto: Pitchfork.)