Garimpo · Música

Garimpo: Linhas de Desejo

Em toda a (rica) discografia do Deerhunter, “Halcyon Digest”, lançado em 2010, é o seu trabalho mais interessante. Seja nas canções mais “alegres” ou naquelas de teor mais melancólico, o tornado de emoções que permeia em todo o trabalho somado à versatilidade musical de seus membros, tornam o disco um marco artístico/musical do século XXI.

Em “Desires Lines”, sexta música do disco, talvez seja possível compreender melhor. Aparentemente “para cima” em seu início, a canção encontra na sua metade uma viagem sonora capaz de nos transportar aos mais diversos níveis da nossa imaginação. Como um usuário do Youtube descreve em um comentário de um dos vídeos abaixo:

“É o mais próximo que já tive de uma experiência religiosa”.

Faz todo sentido.

Garimpo · Música

Garimpo: A Ghost Story

Com uma direção brilhante e uma história angustiante, “A Ghost Story” é uma das obras mais interessantes que assisti nos últimos meses. Pretendo desenrolar melhor minha opinião em outro texto futuramente, pois esse de hoje é somente para apresentar uma de suas características mais marcantes: a trilha sonora. Composta pelo artista Dark Rooms, alter-ego de Daniel Hart, a trilha traz a tonalidade ideal para os acontecimentos da trama, sem exageros. Seu ponto alto é a canção “I Get Overwhelmed”, apresentada em uma cena igualmente emocionante. Confira abaixo.

Garimpo · Música

Garimpo: “Kool Thing”

Vai além do meu entendimento a classificação do “cool” como característica de algo ou alguém. Seja um artista, uma pessoa comum, uma pintura, um disco, entre outros. Não há um dicionário que explique ou um modelo definitivo que traduza visualmente o que é ser “cool”, mas todos sabemos que esses “descolados” existem. Consigo detectar automaticamente (ao meu ponto de vista, óbvio) quando avisto um deles.

Nesse clipe da banda brasileira Pin Ups, por exemplo, além do visual preto e branco, a expressão blasé do vocalista nos primeiros segundos do vídeo acompanhada pelos riffs iniciais de guitarra dão o tom “cool” que tanto me atrai.

Crônicas · Garimpo · Música

Garimpo: Em Memória

Logo após traduzir o artigo sobre vida e morte de David Stroughter, ex-vocalista do Majesty Crush, não imaginava que meu próximo texto seria novamente sobre o mesmo tema. Mas, infelizmente, fui pego de surpresa com a morte de dois artistas fundamentais da história da música: Dolores O’Riordan, ex-vocalista dos Cranberries, e “Fast” Eddie Clarke, ex-guitarrista da formação clássica do Mötorhead.

A primeira, dona de uma das vozes mais icônicas dos anos 90, ainda não teve a causa de sua morte revelada.

O segundo, que agora poderá reencontrar seus antigos parceiros Lemmy Kilmister e Phil “Philthy Animal” Taylor, sucumbiu após uma pneumonia.

Os últimos anos têm sido trágicos no que diz respeito à perda de lendas da música, e 2018 já começou com essas baixas terríveis.

Finalizo o texto com uma preocupação que não sai de minha cabeça: a “reposição” não está sendo a altura.

 

 

 

Garimpo · Música

Garimpo: Primeira do ano!

Ano novo, promessas antigas. Sempre que passamos pela transição do 31 de dezembro para o dia 1 de janeiro, prometemos a nós mesmos inúmeras mudanças que no fundo, bem lá no fundo, sabemos que são meras ilusões se não decidirmos colocá-las em prática o mais rápido possível. Eu fiz as minhas, admito, mas uma delas já estou colocando em prática… Ou pelo menos tentando. E você?

Garimpo · Música

Garimpo #07 – Guided By Voices

“Bela Sky, não se preocupe,
Já há quem ocupe o meu coração.
Mas prometo que guardarei
Um dos meus cacos para lhe abrigar.

Me desculpe pelo meu jeito,
Mas sou bom sujeito, sou sangue e fervor.
Camuflo minha mocidade, e em minha liberdade
Não tenho pudor.

Faça de mim seu castigo
Não ouça o que eu digo, mas faça um favor:
Me abrigue em sua morada,
Fique calada e me encha de amor.

*Mais um poema experimental baseado na melodia de uma canção. Dessa vez, “Mincer Ray” do Guided By Voices foi a escolhida. Uma das minhas maiores referências artísticas. Por favor, leita no ritmo da canção.

 

Garimpo · Música

Garimpo #06

Tenho vagado por aí
Por tantas estradas e desfiladeiros
Com os mesmos tênis novos
Que ganhei naquele aniversário
Em que tínhamos tudo para dar errado
E foi o que aconteceu.
Eu era uma tempestade
E você, uma garoa.
Eu era a via láctea
E você, só um cometa.
Eu era todas as músicas
E você, o silêncio.

*Poema experimental que criei com base na melodia de “Jackass”, do Beck. Leia no ritmo da mesma.

Garimpo · Música

Garimpo #03

Estou escrevendo um texto sobre como eu aprendi a gostar de Reggae, mas ainda vai demorar um tempo até ele ficar pronto, pois preciso conhecer um pouco mais. Mas adiantando um pouco, foi o Dub que me fez ter interesse nesse estilo tão rico musicalmente.

Por isso, a indicação de hoje é de um disco INCRÍVEL que eu descobri recentemente nesses “passeios” pelo Spotify. É uma releitura do clássico absoluto do Pink Floyd, o “The Dark Side of the Moon”, que se chama “Dub Side of The Moon”. Impossível não viajar ouvindo essa pérola moderna.

 

Garimpo · Música

Garimpo #02

Considero Layne Staley um dos artistas mais honestos que já habitaram esse planeta. Sem problemas em assumir abertamente seu vício com drogas, usava isso para escrever canções maravilhosas, que expressavam abertamente como era a sua mente sombria, depressiva e como ele necessitava desses aditivos para tornar sua vida mais leve. Uma pena que tudo terminou de forma trágica, mesmo que esperada.

Layne é um dos meus melhores amigos em dias turbulentos, pois suas palavras, muitas vezes, traduzem muito do que eu sinto e/ou penso. A minha sorte é que essa droga chamada “música” me fortalece ainda mais, ao contrário do que aconteceu com ele.

“Could she love me again or will she hate me?
Probably not, I know why, can’t explain me.”

“Wake up young man, it’s time to wake up,
Your love affair has got to go for ten long years…”