Direto do Forno · Música

+2 EP’s do Guided By Voices

Falei aqui sobre a curiosa produção de “Warp and Woof”, disco do Guided By Voices que dará as caras em abril do próximo ano.

Para adiantar parte desse LP (e aumentando ainda mais a curiosidade dos fãs), Robert Pollard soltou os EP’s “100 Dougs” e “Wine Cork Stonehenge”, ambos no dia 7 desse mês. Os dois trabalhos possuem seis canções cada, e todas elas farão parte de “Warp and Woof”.

O Guided By Voices vem fazendo o mesmo tipo de som há mais de três décadas, mas com a destreza de poucos. Por isso, eles nunca soam enjoativos ou repetitivos. É o encontro perfeito entre o lo-fi com o pop: canções curtas, produção baixa e bastante energia.

Direto do Forno · Música

Guided By Voices – Cohesive Scoops

Imagino que Robert Pollard deva ser o mais incansável cantor e compositor que já pisou nesse planeta. Seja com o Guided By Voices, seu principal trabalho, seja com os trabalhos paralelos, o cara não para nunca. Todo ano recebemos uma enxurrada de lançamentos de sua autoria.

“Cohesive Scoops”, o single mais recente, tem uma história interessante: estará presente no vinil de sete polegadas “100 Dougs”, com lançamento para dezembro desse ano, e no disco “Warp And Woof”, que chegará às lojas em abril de 2019.

O curioso nesse meio é que a banda já havia anunciado um disco duplo para fevereiro do ano que vem, intitulado “Zeppelin Over China”, e Pollard gravou por completo “Warp And Woof” durante as pausas das gravações. No total (considerando somente o “disco paralelo”), serão 24 canções que duram pouco mais do que 37 minutos. Acho que só Omar Rodriguez-Lopez conseguiria tal façanha.

Sobre a canção em destaque, um pop lo-fi perfeito que dura 91 segundos. Rápido e certeiro, como já ouvimos há duas décadas nos clássicos “Bee Thousand” (1994) e “Alien Lanes” (1995).

Robert Pollard merecia uma estátua pela sua contribuição à arte.