Direto do Forno · Música

Do Forno: The Smashing Pumpkins – Solara

“Solara”, o novo single do Smashing Pumpkins e que reúne, após quase duas décadas, parte da formação clássica da banda, ganhou um videoclipe nesta última quinta-feira, 28 de junho.

O retorno do guitarrista James Iha e do DEUS da bateria Jimmy Chamberlin fizeram bem à Billy Corgan, já que “Solara” é uma das melhores músicas lançadas pela banda nos últimos anos.

A nova turnê da banda está marcada para iniciar dia 12 do próximo mês. Bem que eles poderiam aproveitar esse tempo juntos para gravarem um novo disco, não?

Confira abaixo o estranho vídeo de “Solara”.

Direto do Forno · Música

Do Forno: Alice In Chains – So Far Under

O Alice In Chains disponibilizou mais um single do seu novo disco nessa quarta-feira, dia 27 de junho, e agora com uma informação importante: o nome do trabalho, juntamente com o nome das faixas.

“Rainier Fog” será o título do álbum, com lançamento marcado para 24 de agosto deste ano. Junto ao anúncio, o single “So Far Under” (muito bom, por sinal) já foi liberado nas plataformas digitais. Você pode conferir logo abaixo.

Tracklist:

01. The One You Know
02. Rainier Fog
03. Red Giant
04. Fly
05. Drone
06. Deaf Ears Blind Eyes
07. Maybe
08. So Far Under
09. Never Fade
10. All I Am

*Imagem retirada do site oficial da banda.

Música

Vinnie Paul – R.I.P.

Lamentavelmente, mais um grande artista se despediu desse mundo. Vinnie Paul, ex-baterista e um dos fundadores do Pantera, faleceu no último sábado. Apesar dos rumores, a causa da morte ainda é desconhecida.

Não sou um completo entusiasta do metal, mas é um estilo de som que gosto bastante, principalmente quando estou dirigindo. Das bandas, digamos… mais pesadas, o Pantera é uma das que mais curto.

Deixo aqui minha homenagem a esse grande baterista de uma das maiores bandas de heavy metal de todos os tempos. Que ele possa encontrar seu irmão Dimebag Darrel (ex-guitarrista do Pantera que fora assassinado durante um show em 2004) em algum lugar melhor que esse planeta.

Descanse em paz.

Direto do Forno · Música

Do Forno: Mundo Livre S/A – A Maldição (das páginas que não viram)

Já tem data de lançamento o novo disco do Mundo Livre S/A, a banda brasileira que mais admiro: dia 20 de julho deste ano. “A Dança Dos Não Famosos” será o título do trabalho.

Como aperitivo, uma das canções já foi postada em seu canal oficial do Youtube. “A Maldição (das páginas que não viram)”, segundo a própria banda, “relembra, de forma alegórica, os 10 anos de um episódio trágico ocorrido numa das principais faculdades de tecnologia dos Estados Unidos do América. O estudante coreano Cho Seung fuzilou dezenas de colegas antes de tirar a própria vida. O massacre atraiu uma legião de jornalistas, sendo que a rede de TV NBC foi a primeira a transmitir ao vivo. Comentou-se que o jovem, tímido, além de rejeitado (“volta pra China”, ouvia-se na classe), tinha uma frustração: não se conformava em desconhecer o que havia por trás, a engrenagem oculta – no verso das páginas da internet.”

Recheada com os já típicos versos irônicos de Fred Zeroquatro e uma sonoridade bastante diversa, misturando vários estilos (outra característica típica da banda), o novo disco parece dar continuidade ao seu antecessor, “Novas Lendas da Etnia Toshi Babaa”, lançado em 2011, tanto na questão lírica quanto no aspecto sonoro.

Indico · Música

Indico #20: Helmet

Helmet foi uma das bandas que mais ouvi na minha adolescência. “Unsung” e aquela bateria sensacional no início, o riff de “Biscuits For Smut” e outras tantas músicas foram trilha sonora de muitas horas das minhas jogatinas na época da escola.

Com o passar dos anos, fui deixando a banda de lado, mesmo que de forma involuntária. Porém, ao ouvi-la depois de tanto tempo, aquela sensação boa permanece como se eu ainda estivesse naqueles anos.

Bons tempos.

Direto do Forno · Música

Dark Knights: Metal – Trilha Sonora

Descobri por acaso que a DC Comics está lançando, aos poucos, músicas que servirão como trilha sonora para a série de QUADRINHOS Dark Knights: Metal.

Confesso que é a primeira vez que vejo uma trilha sonora ser lançadas para histórias em quadrinhos, e achei a ideia muito legal, ainda mais que as canções contam com nomes de peso nas suas execuções, como Chino Moreno, líder do Deftones, e Brann Dailor, do Mastodon.

Até o momento, três músicas foram disponibilizadas e deixo os links abaixo para audição. As duas primeiras são MUITO BOAS, mas a terceira me soou bastante genérica.

Há rumores de que um possível álbum possa ser lançado com o restante das canções, mas nada confirmado ainda. Só nos resta aguardar.

 

Crônicas · Música

Êxtase

Não me lembro a data certa, mas sei que era uma sexta à noite, por volta das 23 horas. Estávamos voltando para casa, eu e Denise, ouvindo um daqueles programas flashback no rádio. Começou a tocar uma canção desconhecida. Estávamos em silêncio, e o rádio, bem baixo. Mesmo assim, deu para ouvir os primeiros segundos da música e me pareceu bem interessante. Eu conhecia aquela voz. Aumentei o volume para identificar e saquei na hora: era Guilherme Arantes. Meu pai era muito fã dele.

Aumentei um pouco mais para ouvi-la melhor. Os versos agora estavam mais claros. Era uma canção de amor. Muito bonita, por sinal. Bem escrita, frases e rimas bem construídas, uma sonoridade diferente do que costumo ouvir. Parece que foi feita especialmente para aquele momento.

Gravei um dos versos na memória para procurar seu nome na internet quando chegasse em casa. Era “eu nem sonhava te amar desse jeito”, que se repetia várias vezes ao final da música. Só reforçou ainda mais o sentimento de que a canção foi feita realmente para a situação em que estávamos passando ali, naquele trajeto. Descobri seu nome. “Êxtase”.

Ir do centro até nossa casa leva cerca de dez minutos. Se não me falha a memória, foram dez minutos de silêncio. A canção, que tem pouco mais de cinco de duração, levou a metade do tempo. O restante foi tomado pelo êxtase.

Êxtase esse que nunca mais passou. Nunca mais esqueci aquela música, e nunca me esquecerei daquele momento.

Indico · Música

Indico #19: Mais um aniversário

“Passeando” pelo Instagram, vi um post do Mr. Tom Morello sobre o aniversário de lançamento de “Out of Exile”, segundo disco de estúdio do Audioslave. Trabalho esse que possui canções icônicas da banda, como ‘Be Yourself” e a minha favorita de todas, “Doesn’t Remind Me”.

Particularmente, depois da super estréia com o disco auto-intitulado, em 2002, eles jamais alcançaram o mesmo nível de criatividade. Porém, é importante ressaltar como essa junção de 4 artistas de peso resultou em uma das bandas mais interessantes deste século.

De lá para cá, muita coisa mudou. Tom Morello agora é membro da banda Prophets of Rage, junto com Tim Commerford e Brad Wilk, respectivamente, baixista e baterista do Audioslave. E Chris Cornell… Bem, todos sabemos que fim trágico o cantor levou.

Porém, não é hora para lamentações. Não mais. Hoje é dia apenas de celebrar o aniversário desse bom trabalho.