Indico · Música

Indico #20: Helmet

Helmet foi uma das bandas que mais ouvi na minha adolescência. “Unsung” e aquela bateria sensacional no início, o riff de “Biscuits For Smut” e outras tantas músicas foram trilha sonora de muitas horas das minhas jogatinas na época da escola.

Com o passar dos anos, fui deixando a banda de lado, mesmo que de forma involuntária. Porém, ao ouvi-la depois de tanto tempo, aquela sensação boa permanece como se eu ainda estivesse naqueles anos.

Bons tempos.

Indico · Música

Indico #19: Mais um aniversário

“Passeando” pelo Instagram, vi um post do Mr. Tom Morello sobre o aniversário de lançamento de “Out of Exile”, segundo disco de estúdio do Audioslave. Trabalho esse que possui canções icônicas da banda, como ‘Be Yourself” e a minha favorita de todas, “Doesn’t Remind Me”.

Particularmente, depois da super estréia com o disco auto-intitulado, em 2002, eles jamais alcançaram o mesmo nível de criatividade. Porém, é importante ressaltar como essa junção de 4 artistas de peso resultou em uma das bandas mais interessantes deste século.

De lá para cá, muita coisa mudou. Tom Morello agora é membro da banda Prophets of Rage, junto com Tim Commerford e Brad Wilk, respectivamente, baixista e baterista do Audioslave. E Chris Cornell… Bem, todos sabemos que fim trágico o cantor levou.

Porém, não é hora para lamentações. Não mais. Hoje é dia apenas de celebrar o aniversário desse bom trabalho.

Indico · Música

Indico #18: O mundo que se exploda!

Não, não, isso não é revolta. O título é só uma brincadeira.

Há dois dias atrás, “Down On The Upside”, quinto álbum de estúdio do Soundgarden, completou 22 anos. O trabalho é o sucessor do “Superunknown”, o melhor e mais conhecido disco da banda.

“Down On The Upside” é um álbum um tanto quanto irregular, porém, apresentou ótimas canções que se destacariam nas apresentações do grupo. “Blow Up The Outside World” é uma delas, e é a minha favorita.

Fica aqui a minha homenagem.

Indico · Música

Indico #17: Fã Número 1

Já falei sobre o Majesty Crush aqui e postei a tradução que fiz de um artigo sobre a trágica morte do ex-vocalista da banda aqui.

Hoje quero apenas indicar minha canção favorita do disco que eles lançaram e, quem sabe, ampliar um pouco mais o interesse do público por essa banda tão interessante, mas que caiu no limbo da cultura pop graças a uma série de complicações que envolveram o seu curto trajeto (1990-1995).

“No. 1 Fan” é a terceira faixa de Love 15, lançado em 1993. Ela inicia com um baixo bem empolgante até os vocais sussurrados de David Stroughter começarem a se entrelaçar nas guitarras cortantes que predominam na canção.

Apesar de não ter nenhuma letra disponível na internet, sabe-se que “No. 1 Fan” tem como tema um fã obcecado pela atriz Jodie Foster, capaz de chegar ao ponto de “matar o presidente” por ela. Os gritos de “I’d kill the president!” no final da música são o ápice de seus 3 minutos e 47 segundos de duração. Sem dúvidas, um dos pontos mais altos do disco inteiro.

Indico · Música

Indico #16: 29 anos de “Doolittle”

Coincidência ou não, a seção Indico de hoje é novamente para comemorar o aniversário de mais um clássico dos Pixies. Se há quase 1 mês atrás comemoramos os 30 anos do “Surfer Rosa”, hoje, dia 17 de abril de 2018, seu sucessor “Doolittle” comemora 29 anos de lançamento.

Mantendo a mesma ideia surrealista do “Surfer Rosa”, porém, com uma sonoridade um pouco mais acessível ao grande público, “Doolittle” foi um passo adiante dado pelo Pixies para que eles atingissem o posto de banda referência à geração do final dos anos 80/início dos anos 90.

Do início arrasador com “Debaser” e “Tame”, passando pelas queridinhas “Here Comes Your Man” e “La La Love You”, a viagem sonora em “No. 13 Baby” e o final estrondoso de “Gouge Away”, não é por acaso que o álbum está sempre nas listas de mais importantes de todos os tempos.

Na minha opinião, eles ainda conseguiriam ir mais além com “Bossanova”, em 1990, mas isso é assunto para outro aniversário.

Indico · Música

Indico #15: 30 anos de “Surfer Rosa”

A seção Indico (ex Assessoria Musical) de hoje é em homenagem a um dos grandes clássicos lançados nos últimos anos. “Surfer Rosa”, primeiro disco dos Pixies (se não considerarmos o EP “Come On Pilgrim”) completa 30 anos hoje. Abriu portas e influenciou uma penca de artistas, inclusive Kurt Cobain (“Surfer Rosa” está até presente naquela lista que cito no texto “Os Covers do Nirvana“).

O Pixies, que voltou a lançar discos recentemente, não possui mais a mesma relevância que tinha no seu auge, mas ainda é interessante acompanhar o trabalho deles.

Indico · Música

Indico #14: Linhas de Desejo

Em toda a (rica) discografia do Deerhunter, “Halcyon Digest”, lançado em 2010, é o seu trabalho mais interessante. Seja nas canções mais “alegres” ou naquelas de teor mais melancólico, o tornado de emoções que permeia em todo o trabalho somado à versatilidade musical de seus membros, tornam o disco um marco artístico/musical do século XXI.

Em “Desires Lines”, sexta música do disco, talvez seja possível compreender melhor. Aparentemente “para cima” em seu início, a canção encontra na sua metade uma viagem sonora capaz de nos transportar aos mais diversos níveis da nossa imaginação. Como um usuário do Youtube descreve em um comentário de um dos vídeos abaixo:

“É o mais próximo que já tive de uma experiência religiosa”.

Faz todo sentido.

Indico · Música

Indico #13: A Ghost Story

Com uma direção brilhante e uma história angustiante, “A Ghost Story” é uma das obras mais interessantes que assisti nos últimos meses. Pretendo desenrolar melhor minha opinião em outro texto futuramente, pois esse de hoje é somente para apresentar uma de suas características mais marcantes: a trilha sonora. Composta pelo artista Dark Rooms, alter-ego de Daniel Hart, a trilha traz a tonalidade ideal para os acontecimentos da trama, sem exageros. Seu ponto alto é a canção “I Get Overwhelmed”, apresentada em uma cena igualmente emocionante. Confira abaixo.