Língua Presa · Não Ao Futebol Moderno

Não Ao Futebol Moderno #01: Teimosia

Nem mesmo a grande vitória no clássico contra o América-MG fez os torcedores do Galo (eu, inclusive) esquecerem a patética partida contra o Nacional do Uruguai pela Libertadores, onde o time não deu um único sinal de vontade em ganhar o jogo e perdeu para uma equipe que, com o máximo respeito (e respeito mesmo, afinal, o time uruguaio é gigante), é muito inferior à nossa.

Levir Culpi, além de ultrapassado, transbordou teimosia. Não é possível que ele não percebeu a urgência de mudança que o time necessitava, e só resolveu fazer as substituições depois que o Nacional-URU havia marcado o seu gol. Até os comentaristas da Fox Sports que, sabemos, são uns puxa-sacos do eixo RJ-SP, estavam incomodados com a falta de coragem do treinador. No final, ele esperou a desgraça acontecer para tomar uma atitude. Patético!

Ainda temos a insistência com o Patric na lateral direita e a maldita formação com TRÊS VOLANTES, numa retranca sem explicação. Agora o Atlético precisa jogar tudo o que não jogou até hoje para conseguir a classificação às oitavas de final. Eu, que sou torcedor, admito: com Levir, nossas chances são pequenas. A não ser que, por um milagre, ele esqueça a alcunha de “burro com sorte” e resolva fazer esse time jogar futebol de verdade. Que as vitórias venham não pelo acaso, mas pela bola jogada.

 

Não ao futebol moderno!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s